O Grande Gatsby de F. Scott Fitzgerald já teve várias adaptações cinematográficas. Mas desta vez chegou a hora de ser adaptado para a animação, sob a realização de William Joyce (argumentista de Épico O Reino Secreto).

O projeto terá as mãos de Brian Selznick (A Invenção de Hugo Cabaret) na escrita e a animação será desenvolvida pela DNEG Feature Animation, uma empresa de efeitos especiais que trabalhou em Godzilla vs King Kong.

O realizador disse o seguinte:

«Gatsby continua a enfeitiçar leitores de uma forma que mais nenhum livro americano consegue. Muito do poder de Gatsby bem do encantamento da prosa de Fitzgerald. Ele criou um sonho lúcido que, de certa forma, elude realizadores desde o cinema mudo. As versões anteriores no cinema estavam limitadas pela imagem real, mas a animação inovadora pode executar verdadeiramente a qualidade elusiva do livro».

O Grande Gatsby conta a história de Jay Gatsby, um milionário obcecado em reunir-se com a sua antiga namorada. A obra original é contada através do ponto de vista de Nick Carraway, um homem que se vai apercebendo do quão solitário Gatsby realmente é. Toda esta narrativa passa-se durante os loucos anos 20, quando o Jazz estava no seu auge.

Já foram feitas quatro longas-metragens baseadas na obra, sendo que a mais recente protagonizou Leonardo DiCaprio e foi lançada em 2013. Esta adaptação é uma surpresa, já que animação provavelmente não é a primeira forma que a maior parte dos leitores pensa para adaptar o livro. Mas considerando a quantidade de adaptações que já foram feitas deste livro e a liberdade visual da animação, esta proposta tem o potencial de trazer uma visão muito particular e talvez com um estilo semelhante do estilo das capas do livro. Já a adaptação de 2013 tomou liberdades artísticas através da substituição de música Jazz por música hip-hop, algo que se deveu ao realizador Baz Luhrmann ter querido que a audiência ouvisse uma música que a fizesse sentir-se como as pessoas dos anos 20 se sentiam quando ouviam Jazz.

Juntamente com a revelação deste projeto de animação, foi lançada a seguinte imagem:

Author

Um amante de cinema com ambições de se tornar Cinematógrafo. Natural de Faro, Licenciado em Ciências da Comunicação e está de momento a tirar um Mestrado em Estudos Cinematográficos. Cria conteúdo audiovisual para o Cabo Cinético desde 2017 e foi redator para o Espalha-Factos durante 4 anos. Neste momento também é cocriador do podcast Cassete Estragado e do canal de YouTube Lore da Disney com Álvaro Cunha.

Os comentários estão fechados.