Lola Bunny é um personagem que foi introduzido originalmente no Space Jam original com o objetivo de ser a versão feminina do Buggs Bunny. Basicamente a Warner tinha que vender os bonecos para as mulheres também.

Dentro da historia dos Looney Tunes, Lola é um personagem que vive um amor pelo Buggs contudo este nunca é correspondido. Os outros personagens até que ficam doídos com a Lola mas ela só tinha olhos para o nosso coelho. Lembrando que esta é estrutura do personagem, não quer dizer que em certas series ou até mesmo no final este amor não seja correspondido.

Ao longo dos anos ela tem aparecido em várias curtas metragens e até mesmo a series que enriquecem este Universo. Mantendo aparições constantes na Banda Desenhada, nas series e até mesmo alguns filmes.

Agora vamos á Polémica

O primeiro Space Jam não esconde o que a Lola representava na época. Um personagem feminino que desse justificações ao herói. Era algo natural dos anos 90 usar mulheres com um aspecto “Sexy” de forma a favorecer a obra. (Pelo menos é o que pensavam)

20 anos depois, portanto em 2021, as mentalidades mudaram e hoje em dia tenta-se trabalhar mais as personagens femininos de forma a dar mais camadas aos personagens. As mulheres deixaram de ser só um recurso do filme, fazem parte dele.

Em 2019, o realizador Malcolm D. Lee já tinha partilhado que iria fazer algumas alterações no personagem e com toda esta polémica chegou a fazer algumas declarações: «Estamos em 2021. É importante refletir a autenticidade das personagens femininas fortes e capazes»,

Ainda em relação ao personagem ele diz o seguinte « Nós decidimos refazer muitas coisas, não só em relação ao seu aspeto, como também em torna-la uma personagem mais completa. Ela vai se destacar pelo seu talento para o desporto, pelas suas habilidades de liderança. Ela será tão completa como os outros »

Como dito previamente a personagem inicial era mais um recurso do que outra coisa. Um pormenor do filme. Era a dama em apuros e o filme não escondia isso. Por exemplo, uma das suas primeiras cenas é um momento em que Buggs e restante companhia se entusiasma só de olhar para ela. Ela é o estimulo dos jovens adolescentes na época.

Design Antigo

O Design antigo é bastante revelador, a personagem possui peitos maiores e existem um obvio destaque as suas curvas. Os movimentos levam para um sentido bastante sexual, ela representa a Diva da escola. É tipo a Megan Fox do Michael Bay

Design Atual

Até sinto que este novo design é um excelente refresh do personagem, é uma mulher, mas uma que está ali para jogar Basquete. Os traço femininos ainda la estão mas menos sexualizados. Até está semelhante às suas participações recentes nas series animadas atuais.

Diferente do Universo Disney, eu sempre achei que os Looney Tunes eram um espaço excelente para a inclusão. As piadas dos Looney Tunes sempre buscaram encontrar um humor mais adulto mas ao mesmo tempo não nos podemos esquecer que o público alvo são as crianças.

É importante que sejam passados bons valores e também é preciso que o desenho se atualize para os dias modernos. Acredito que a essência esteja lá na mesma, apenas teremos mais camadas em vez de só uma personagem bonita.

O filme irá estrear no próximo verão, mais propriamente no dia 16 de julho de 2021 na HBO MAX. Por mim, queria só desejar um feliz dia da Mulher a todas a mulheres que tiverem a ler este artigo.

Author

Criador do Projecto "Sem Bilhete", fanático pelo audio-visual e apaixonado por Animação. Desde muito cedo tenho uma ligação forte com este meio, pois cresci em volta dos filmes que passavam na televisão. Além disso sou também um fã de tecnologia e um coleccionador de VHS.

Deixa um Comentário!